Arquivos do Blog

Fachin o Pachukanis do PT no STF

O que ocorreu hoje nessa sabatina do “jurista” Luiz Edson Fachin no Senado é a prova de que Álvaro Dias e todo PSDB estão integrados ao PT como um mero antagonista e oposição de fachada.

As ausências de Aécio Neves, Tasso Jereissati e José Serra na sabatina de Fachin são lamentáveis e prova que traíram seu eleitorado. Se FHC tivesse dignidade, entenderia a ausência dos senadores na sua homenagem em NY, ou melhor, insistiria para que os senadores não fossem a NY e sim participassem da sabatina que é muito mais importante para o Brasil. Mas FHC é vaidoso. Não abre a mão dos paparicos e também viu nesse evento uma ótima oportunidade para proteger seus três miquinhos amestrados. Os tucanos não honram suas atribuições como opositores e muito menos respeitam a população que colocou neles a esperança de mudança. De forma mais direta: Não prestam. Não passam de petralhas acanhados e com medo de sair do armário. Na realidade, os três patetas que estão indo para NY estão fugindo do enfrentamento.

Com Barroso o STF aprendeu o que é “determinismo sociológico” segundo Joaquim Barbosa ao distorcer o conceito de quadrilha que deveria imputar ao PT naquele julgamento o que é a realidade de fato. Com Fachin irão aprender o que é “problematizar princípios” na corte suprema e isso será a base de diversas decisões judiciais mirabolantes ao extremo e em nível recorde no STF. Dada a leviandade das respostas de Fachin nessa sabatina teatral montada no Senado em conluio com a desfaçatez de quase todos senadores; e dado ao contorcionismo retórico e jurídico de Fachin ora endossado pelos senadores petistas como Gleisi Hoffman e Humberto Costa dentre outros; resta evidente que o STF é hoje um domínio partidário do PT como a CUT e MST são e sempre serão. Sendo assim, os senadores apenas chancelam o domínio do PT sobre o último grau de jurisdição recursal do Poder Judiciário nacional, dotando-o de mais servo integral da política de balcão de negócios sujos e não da Justiça isenta, imparcial e sem suspeição.

O STF é refém do aparelhamento do Estado como qualquer instituição comandada pelo PT.  Álvaro Dias numa defesa acalorada de Fachin, ao ponto de taxar de boçais esquizofrênicos os que opuseram a Fachin nas redes sociais, ele assinou com essa declaração arrogante seu atestado de óbito político e recebeu o diploma  estelionatário eleitoral idêntico ao de Dilma. Resta inegável que o demente e esquizofrênico que não enxerga uma verdade sobre os fatos é o próprio senador tucano; e não os leigos em direito como grande parte do povo e Caiado.

Coube ao Senador Ronaldo Caiado impor questionamentos plausíveis e contrários ao suposto doutor e professor em Direito Luiz Edson Fachin, o qual, por sua vez, repete sempre o mesmo, ou seja, aquilo que qualquer jurista soviético já disse desde Pachukanis até o determinismo sociológico, principiológico de Barroso e outros operadores do Direito adestrados para distorcer direitos difusos e coletivos, garantias fundamentais constitucionais e toda sorte de enquadramento jurídico que não atendam os interesses da causa partidária e ideológica do socialismo do PT. Em suma: O PT hoje tornou o STF duma vez por todas no seu escritório público de advocacia, dos interesses de todos associados ao petismo na federação e contra os diretos de todo e qualquer cidadão que não se encaixa nesse esquadro.

Parabéns aos supra-sumos da inteligência jurídica deste país, que um dia acreditaram que o PT tinha aderido aos pilares básicos da Constituição Federal de 1988. Hoje ela está sendo rasgada e posta na lata do lixo com o consentimento de senadores e classe econômica de alto escalão; a saber banqueiros e empreiteiros, com aval de toda classe politica e social que compactuaram com o PT e toda classe de advogados omissos que ainda estão associados a OAB em seus respectivos estados agindo como meros office boys encartados contra um Estado que não é mais Democrático e nem de Direito!

“Ninguém respeita a Constituição e todos acreditam no futuro da nação”. Estamos diante da falência das instituições da Justiça brasileira, com o PT tentando melar a Lava Jato e com o STF nas mãos de mais um Pachukanis petista convicto que não nega a raça com pedigree de apadrinhado político e nem a grife de subserviente aos interesses palacianos e partidários do PT.

fachin

Anúncios

Do STF direto para o asilo ou cemitério

Juro que não entendo essa celeuma em torno à PEC da Bengala, e muito menos a declaração ressentida e imbecil do senador Renan Calheiros, segundo a qual Dilma ou futuramente Temer teriam perdido muito de seu poder ao perderem o poder de indicar 5 novos ministros para o STF‬.

Segundo esse discurso, confirma-se que Lula é o idiota mais completo e acabado da política mundial, já que não teria conseguido acertar uma indicação ao STF. Pelo contrário, indicou nomes que passaram anos tentando devorá-lo, bem como ao PT caso nítido de Joaquim Barbosa, vingou somente Dias Toffoli. Enfim coisas da política. Escolheu um membro do Ministério Público, buscando suprir uma imperdoável lacuna nos tribunais superiores tornando um negro ministro do STF. O fato de ser negro, somou-se às credenciais curriculares de Joaquim Barbosa para levá-lo ao STF. No STF Joaquim fez um bom trabalho não sendo subserviente aos desígnios do PT. Se fosse pra Dilma indicar mais cinco ministros como Zavascki, Barroso ou Fachin, melhor mesmo passar ao próximo, ou seja, para o próximo ‪‎presidente da república essa chance.

Esse papo de taxar o Poder Judiciário, em especial ao STF e STJ de paus mandados do PT é uma coisa nítida devido o aparelhamento do estado propiciado pelo PT em todas suas esferas administrativas. Sinais do compadrio, corrupção, e coronelismo petralha mais nítido que esse não existe. Ministros do STF em tese, nessas últimas quadras, são sim senhores, um bando de paus-mandados, atrelados a seus protetores políticos.

Vou contar uma coisa. Sou completamente favorável à PEC da Bengala, e, no fundo, pra não misturar os assuntos, torcia por ela. Realmente não faz sentido, nos dias de hoje, um profissional das leis, ultra preparado, ser constrangido a suspender as atividades aos 70 anos. Em outras atividades intelectuais também não.

E a prova disso é que quase todos os ex-ministros do STF saem do tribunal e abrem bancas milionárias de advocacia ou de consultoria, e usam tudo o que sabem sobre intestinos do poder, colocando tal expertise a serviço de interesses milionários.

Em suma, recebo a sacanagem do Eduardo Cunha contra a Dilma, com grande alívio. E não estou inventando desculpinhas para uma derrota, que não foi derrota para o PT choramingar suas lamúrias. Eduardo Cunha mostrou que sabe muito bem onde atacar e quando atacar e como causar danos ao Palácio do Planalto e PT. Ponto pro Cunha mais uma vez!

Gilmar Mendes o Protetor do Petrolão!

O ex-Ministro do STF Joaquim Barbosa certa vez disse na cara do Ministro Gilmar Mendes:”Vossa Excelência está destruindo a Justiça desse país! Saia às ruas!”

Lembrem-se que foi Gilmar Mendes quem liberou o Daniel Dantas e avacalhou com o restante do processo e operações da Satiagraha. O aspecto mais grave foi a interdição da investigação, a impossibilidade de as autoridades levarem a apuração inteira até o final.

Em termos gerais, a regra do jogo do processo penal no Brasil é simples: o delegado aponta evidências, o procurador acusa ou não, o juiz julga. Ao longo do processo, o réu se defende. Em caso de inocência, após o processo o réu pode buscar a punição dos responsáveis por um eventual erro judicial. Mas no caso da Satiagraha, o delegado foi proibido de investigar e o juiz foi impedido de julgar. O sistema foi brutalmente bloqueado, de modo a não funcionar, a não concluir sequer a apuração inicial.
Se isso acontecer com a Lava Jato a culpa mais uma vez é do STF que zela pela impunidade e não pela Justiça e devido processo legal e liberdade das instituições de investigação republicanas. O Procurador Geral da República Rodrigo Janot e demais ministros nomeados na era Lula e Dilma também se enquadram nesse rol de colaboradores da impunidade com folga; a saber: Lewandowsky, Barroso, Zavascki e o eterno advogado do PT Dias Toffoli, além de Edson Fachin que deve ser o novo integrante do tribunal que de supremo não tem nada em termos de justiça, mas sim de pizza. Como diria Joaquim Barbosa mais uma vez: “Determinadas coisas não convencem”.

gmmm

Professor Chiquinho do PT – A luta continua cumpanheiro!

Professor Chiquinho do PT é seria um sujeito como outro qualquer desde que não tivesse aderido ao PT como sua religião.

A fé do nosso personagem é tamanha no PT que qualquer nota lançada pelo partido ou governo petralha sobre o Bolsa Família ser uma maravilha, ou sobre a prisão de Zé Dirceu e Genuíno ser uma conspiração da TV Globo e da direita calhorda, que tudo isso logo se transforma em dogma na cabecinha dele.

Além do menos, o Professor Chiquinho do PT é torcedor do Fluminense e isso contribui e muito para que ele exacerbe seu léxico poético narco-marxista contra vascaínos almofadinhas, flamenguistas da favela e tucanalhas adeptos de qualquer agremiação futebolística. Se não bastasse isso reclama do preço do bacalhau português que devido ao exorbitante IPI brasileiro impede que ele possa degustar a iguaria seja na Páscoa ou no Natal. Creio que ele no seu íntimo ore para São Guido Mantega que reduza o imposto ou que Santa Dilma do Perpétuo Bolsa Família crie o Bolsa Papai Noel.

Professor Chiquinho do PT é militante das antigas do PT, defende Zé Dirceu e Zé Genuíno desde o tempo que um era líder estudantil comunistinha galã da esquerda colega de quarto do Celso de Melo, e o outro guerrilheiro dedo duro no Araguaia. Idolatra Lula antes dele ter perdido o dedo e ama Dilma desde quando ela chegada a pegar na baioneta. Por essas e outras que a lenda urbana guaratibana diz que ele era militante do PT muito antes do PT sequer existir de papel passado no cartório eleitoral e receber fundo partidário.

Adepto do manual do professor marxista de Paulo Freire, o nosso estimado professor não reclama do seu salário e entende que isso seja voto de pobreza dentro da religião lulo-petista. Compreende ainda na sua douta lógica dialética que qualquer um que seja contra o PT seja da direita, católico, ou da elite dominante ou coisa que o valha. O mundo se divide em esquerda e direita, sendo a esquerda o plano celeste da probidade administrativa e a direita o inferno repleto de demônios homofóbicos, militaristas e tucanistas reaças que gravitam em torno de Joaquim Satanás Barbosa.    

Quando prenderam Zé Dirceu e Genuíno só faltou ele estrebuchar de ódio canino devido Joaquim Barbosa e sua legião de demônios da Polícia Federal cumprirem a lei. Segundo professor Chiquinho do PT e sua teoria da conspiração, Joaquim é um juiz comprado pela TV Marinho, e ter feito serão no feriado da república e mandar em cana os mensaleiros com base nas fundamentações jurídicas da Revista Veja é uma afronta a sua fé e de milhões de encostados no Bolsa Família. De fato, na crença lulo-petista o mensalão é heresia contra a sã doutrina do petralhismo e merece que professor Chiquinho se torne um apologeta dessa fé e lute numa cruzada como mártir virtual nas redes sociais contra qualquer um que se oponha a isso com foice e martelos em punho.

Talvez professor Chiquinho movido pela franca queda do seu time para a segunda divisão e prisão de seus ídolos tenha perdido a pouca lucidez que lhe sobrava, e em decorrência disso perca um pouco a compostura, e entre um cigarro e outro, mande cada um de nós tomar no nosso cú reaça, tendo assim um pouco de paz para dormir sem ter pesadelos com Joaquim Barbosa assinando mandados de prisão contra seus cumpanheiros que a esta hora ingressam no país dos calças beges.  Fazemos votos para que ele se acalme e consiga bolar uma nova teoria da conspiração, tal como:  José Dirceu e José Genoíno são inocentes e o STF é um tribunal corrupto. Ou seja, ele não vai mudar a ladainha petralha que está acostumado tão cedo.

Enquanto essa hora não chega ficamos aqui na esperança que ele acorde para o fato histórico que divide a história nacional em “Antes e Depois do Lula” no quesito impunidade, pois “nunca antes na historia desse país” político corrupto e ladrão foi preso.