Arquivos do Blog

José de Abreu abre o jogo: Quero ser presidente do Brasil!

O ator José de Abreu – cuja militância petisa lhe rende milionários contratos de garoto propaganda do governo – teve uma discussão acalorada neste sábado (30) com o baterista João Barone, do Paralamas do Sucesso, para defender a presidenta Dilma Rousseff.

Tudo começou quando Barone usou sua conta no microblog para criticar a demora de Dilma em tomar medidas contra a seca no Nordeste. “A ‘presidenta’ pede que carreguem nas tintas da Comissão da Verdade. Podia se preocupar é com a seca no Nordeste e outros problemas maiores”, escreveu. O comentário irritou o ator que respondeu: “Me impressiona a ignorância política de artistas como Joao Barone: cobra de Dilma a seca na semana em q ela se preocupa com isso…”.

Logo depois, foi diretamente na conta do baterista e provocou: “Fiquei muito impressionado com sua ignorância política. Foi vc quem escreveu aquelas merdas hoje?”. Barone, já revoltado, disse que “impressionante” mesmo era a facilidade de “tirar os patrulheiros da toca”. “É só insinuar qualquer coisa contra o governo, distrocem e te chamam de reaça!!”.

Foi então que José de Abreu deu intensidade a briga, dizendo que faltavam “requisitos básicos” ao músico. “Lhe faltam requisitos básicos: você reclama da luta contra a ditadura? Que Deus lhe quebre as baquetas. […] Artista de direita é uma jaboticaba. Só tem no Brasil”, afirmou. O baterista tentou encerrar a discussão, mas o ator continuou a provocação, sem receber resposta.

images (25)

 

 

Anúncios

As políticas do governo Dilma para as mulheres não ficarem como ela

A tua necessidade de arranjar um marido está muito acima das tuas possibilidades. É possível que a tua necessidade de ser comida também esteja
S‹o Paulo - SP
Cara encalhada,
Em nome do Governo , gostaria de agradecer o teu contributo para o sucesso do nosso mundo. As mulheres encalhadas tem tido um desempenho exemplar na sociedade mundial, e o planeta está  muito bem-sucedido, o que não seria possível sem a tua presença permanente numa vida desapegada de solteirona.
Está a ser feito um enorme esforço para que as solteironas recuperem a confiança dos homens e, pelo visto, os homens só confiam em si mesmos e em ninguém mais.
 Agora questiono: Se você cara amiga e companheira não puder trabalhar quem irá te sustentar?
O teu desemprego, embora possa ser ligeiramente desagradável para ti, pode ser a chance do desencalhe. Assim como pode ser para a nossa economia uma revitalização da dignidade do homem através do trabalho.
Os investidores não apostam no nosso país se souberem que você  arranja emprego, mas está ainda sem casar. Preferem emprestar dinheiro a pessoas desempregadas, mas casadas. Sabe-se lá a razão disso.
Antigamente, estávamos todos vivendo acima das nossas possibilidades. Agora estamos só vivendo, o que aparentemente continua a estar acima das nossas possibilidades.

Começamos a perceber que as nossas necessidades estão acima das nossas possibilidades. A tua necessidade de arranjar um marido está muito acima das tuas possibilidades de ser rica e se tornar chefe atualmente.

É possível que a tua necessidade de ser comida também esteja. Tem de trabalhar muito acima das tuas possibilidades para poderes viver abaixo das tuas necessidades. Viver mal é caríssimo. Melhor arrumar um marido não é?
Não está sozinha minha amiga. O governo prepara-se para propor até mesmo um Bolsa Desencalhe para vocês. Vai ter companhia para você nesse mundo. Tenha Fé! Segundo a nossa ministra encarregada disso, as mulheres não são pessoas de segunda categoria, são janelas de oportunidades.
O melhor ante a isso é aproveitar e se dar bem minha amiga, porque o governo tem aberto tantas janelas de oportunidade que se torna difícil evitar que as pernas se abram também.
Há quem sinta a tentação de se abeirar de uma destas janelas de oportunidade e de se atirar de peito nisso. É mal pensado. Temos uma melhor maneira de conseguir desencalhá-la e impedir que um infortúnio acabe com suas mamas. Pois bem, aceita a tua função neste processo e não esperneie.
Tenha calma. Respire e inspire… e não se preocupe. O teu dia vai chegar e está dentro das previsões do governo que a mulher há de desencalhar.
Que diabo, isso tem de te tranquilizar de algum modo. Felizmente, a tua raiva não apanhou ninguém de surpresa, o que é excelente. A raiva previsível é  preferida mais do que uma mulher solteira acima dos trinta anos.

Repare como o governo se preparou para te fazer passar raiva. Se acontecer o mesmo a Madame Bovary não se assuste enada tema, os maridos falecidos deixam sempre a uma conta bancária com gordos depósitos que o Bolsa Viúva não irá confiscar.

Já que não tem nada para ser confiscado hoje, muito menos terá no futuro com esse nosso programa de assistência sócio-sexual. Pode ficar tranquila. E não tem nada que agradecer!

O casamento dos meus sonhos!

Consequencias do sexo

29geutj

from: http://www.cantinhodointernauta.com.br

Cada dia que passa a gente bebe mais cedo!

04

Flocos ou frocos?

Michael Jackson A entrevista completa com Joselito

Ledo engano

Cometer gafes é algo não raro na vida de muitos, e as vezes é mais cômico que constrangedor. Quer dizer, engraçado depois, na hora é ridículo.

Certa vez, eu e minha prima estávamos num supermercado, quando de repente vejo um pessoal da divulgação de produtos distribuindo pacotinhos coloridos para às pessoas. Mãs, ao passar por eles, a mocinha esticou a mão com os pacotinhos coloridos e minha prima passou direto. Daí disse à ela: 
-Ué, não vai pegar não?? É de graça! Volta lá e pega, pow!
-Eu não, q vergonha, volta vc, ora.
Aí, peguei ela pelo braço e voltei, e ao parar em frente da moça da divulgação ela perguntou “quer?”. “Dá um monte, se puder dar”, disse eu. Ela deu vários pacotinhos coloridos e os peguei feliz, já pensando em degustar as guloseimas no caminho de volta pra casa. Mas aí, vem a revelação…
– Que vergonha, pra que tu pegou isso???
– Pra comer, ora! vai dizer que tu num gosta desses chocolatinhos?
– Que chocolatinhos o quê!! Isso aí é modes, ô lesado!!

Promotinha Boneca

Semana passada, indo visitar uma cadeia local, junto do meu estimado colega promotor, o mesmo foi interpelado por um monte de detidos:

– Dr, o sr. não vai falar “com nois“?
– Não! Vocês são um bando de canalhas!

Ao que surge uma voz ao fundo:

– Ui, a boneca tá nervosa!

A cara dele de puto, com os olhinhos procurando o autor da frase, foi o melhor de tudo nesse dia!

É isso aí brodi…

Barbudo no controle remoto

Quando a gente pensa que a TV chegou ao fundo do poço, eles vão lá e cavam mais. Mas, engano meu. Quando não podem cavar mais, fazem é outro poço!
Trocando de canal caí num desses programas sobre animais. Dou de cara com uma matéria sobre gambás. Closes no bicho, comentários sobre o fedor que o infeliz tem e tatata. Aí entrou a explicação: o bicho fede como forma de se proteger. Disse o locutor que “3 glândulas localizadas no ânus do animal expelem um líquido que, devido ao forte odor, afugenta os predadores
Antes que eu pudesse terminar o pensamento de “ah, não vão mostrar isso…”, um mega-super close no furico do gambá começou a mostrar, em câmera lenta, o tal processo! Ou seja, você liga a TV e dá de cara com a toba  de um gambá preenchendo toda a tela da sua tv! (imagina se for uma dessas de 30 e tantas polegadas plasmáticas) E, em câmera lenta, uns troços disformes se espremendo e soltando uma nuvenzinha bizarra com um líquido nojento.
Nem ouso a perguntar “onde isso vai parar”, porque é capaz de mostrarem, sei lá, o caminho que o cocô faz até ver a luz. Que nhaca!!!