A seita do astrólogo Olavo de Carvalho

O modesto grupo denominado “Seita do Astrólogo Olavo de Carvalho” tem realizado a louvável tarefa de desarticular todas as falácias e incongruências do pseudo-filósofo e a torpe mistificação olavete da realidade via seus adeptos que seguem Olavo de Carvalho com devoção típica de seitas nefastas.

Olavo de Carvalho é um espertalhão extremista cuja retórica ofensiva tem se disseminado entre pessoas que se julgam bem informadas, cultas e de educação mais refinada. No entanto, os adeptos de Olavo tais como Lobão e tantos outros, na verdade são pessoas extremistas que não dialogam civilizadamente com pessoas que pensam distintamente deles. Achar que sujeitos assim são democráticos e que suas idéias são um bem para nossa sociedade é um crasso erro.
Se Olavo de Carvalho não fosse filosoficamente pornográfico, grosseiro e desagradável no uso do vocabulário, correria o terrível risco de algum trapalhão abestado de algum Centro de Ciência Humanas de alguma universidade convidá-lo para um colóquio ou para uma mesa-redonda, onde ficariam evidentes a verdadeira profundidade do conhecimento filosófico e a capacidade de argumentação do crítico de Galileu, Newton, Einstein e tantos outros.

Trollando abertamente, Olavo sinaliza aos acadêmicos mais incautos que entrará em seus recintos vindo diretamente do chiqueiro, colocará as botas sujas de bosta de porco sobre o sofá da sala, dirá palavrões, ofenderá os convidados, soltará fumaça de cigarro na cara das pessoas e passará a mão na bunda da filha do dono da casa e talvez até do dono da casa, como se ele dissesse: “se vocês me convidarem, me obrigarão passar vergonha por fugir da raia ou por demonstrar minha ignorância, então não se arrisquem, ou nós veremos quem vai passar a maior vergonha por terem convidado para um evento acadêmico um cara como eu!”.
Ao mesmo tempo em que ele sinaliza isso, ele pode tranqüilamente desafiar quem quer que seja para um debate. Nenhum cientista sério ou filósofo de renome se dignaria a dividir um palco com ele. Ele, no entanto, pode até dizer abertamente que ninguém tem peito para enfrentá-lo, porque nenhum cientista sério ou filósofo de renome se dignaria também sequer a responder a um desafio desses.
Com base nesse exemplo de comportamento deletério, que é repetido à exaustão também pelos seus seguidores, os quais com orgulho e gaudio se denominam olavetes, os mesmos que promovem os livros de seu mestre como uma legião de garotos propaganda gratuitos, os mesmos que chegaram ao ponto de homenageá-lo com o movimento hedonista idólatra batizado de “Olavo tem razão” é que temos a dimensão do nível de boçalidade passivo agressiva que nossa sociedade está vivendo nos dias atuais em diversos outros lugares. Movimentos como Volta Lula, como Dilma Coração Valente possuem essa mesma dinâmica obsoleta e maniqueísta da realidade.
Atualmente o adepto mais famigerado do modus operandi do olavismo desenfreado é sem dúvida o senhor João Luiz Woerdenbarg Filho, conhecido pela alcunha de Lobão no rock nacional. Lobão se transformou no maior avatar dessa seita da ignorância olavista. Ele manifesta sua doutrinação olavete incondicional nas redes sociais, hangouts do youtube e programas de TV onde o entrevistador segue os mesmos movimentos e devoção de forma menos não menos evidente. Lobão, seja este elétrico ou movido a vapor, não esconde sua intolerância por aqueles que vez ou outra o desmascaram até mesmo em seus shows acústicos que andam escasseando devido à péssima qualidade do seu atual repertório e sanha em promover bate bocas por onde passa.
Lobão, tanto quanto Olavo, é rotineiro em despejar uma avalanche de impropérios contra quem discorde dele e o coloque em apuros retóricos que o obrigam a negar seu vasto pedantismo, arrogância e ignorância. Seja o interlocutor de esquerda, de direita, do rock, da MPB, ou sem ideologia política alguma ou desligado a movimento musical algum, o fato é que Lobão relincha comentários agressivos e desafios pitorescos impossíveis de serem consumados dada a insanidade das propostas em face dos seus interlocutores. Este molde de atitude é típico de pessoas que dizem que prezam o debate, porém na verdade não debatem, mas sim impõem seus pontos de vista por se acharem cobertas de razão a base de ponta pés e socos retóricos rodando a baiana.

Pior do que isso são os seguidores. Gente com conhecimento muito ralo e sem personalidade e caráter bem formado acaba aceitando esse tipo de conversa fiada e atitude primitiva como uma amostra de profunda legitimidade moral e intelectual destes grandes ícones do pensamento independente. O problema grave nisso é que esse tipo de admiração é advinda de gente tão extremista quanto os ícones que idolatram. No fundo isso massifica a intolerância, preconceitos e discriminação tanto quanto a tão criticada doutrinação de esquerda.
Isto posto, fica evidente que para qualquer debate ser produtivo e saudável é minimamente necessário que haja tolerância entres as partes e os ponto de vista divergentes que expõem dentro de suas concepções. Extremistas não geram debates, geram atritos, conflitos e empurram as suas idéias goela abaixo à base de falácias e depredação do seu adversário. Usam a retórica do escárnio, os argumentos do espantalho e bases intelectuais tão desconexas entre si que é risível ainda se auto intitulam de filósofos, sendo que nem o ensino médio se deram o trabalho de terminar.

Para os extremistas não existe o conceito de convergência de idéias e pontos de acordo de pensamentos, Existe somente o combate contra as idéias que eles se opõem. Ou aceitamos suas filosofias e pensamentos inteiramente sem fazer nenhuma ressalva e mansos como cordeirinhos ou devemos ser combatidos e execrados com toda sorte de maledicência e impropérios.

Dentro desse contexto não existe espaço para racionalidade ser exercida na sua forma mais lúcida e produtiva. Portanto, nota-se que sujeitos da pecha de Lobão e Olavo de Carvalho, bem como de seus fãs e seguidores, tudo se resume a briga, quebra pau e bater de frente contra quem não aceita a integralidade de suas falas. Esse espírito agressivo da parte deles só colabora com a divisão e caos da sociedade, em nada agrega valores e pessoas bem intencionadas em torno das mesmas idéias, pois apenas interagem entre si extremistas que agem como rebanho de ovelhas Dollys cegas mentalmente multiplicando um comportamento agressivo de manada.
O assédio que recebo dos idólatras desses senhores é sem dúvida algo que me provê dados fartos para comprovar isso que estou descrevendo. Seja aqui mesmo no blog, ou nas redes sociais em grupos e postagens. O ataque deles busca mexer com os meus brios, pautar a minha integridade moral e intelectual na mesma vileza e baixeza a qual a deles se encontra em estado de putrefação. Nunca caio nessa cilada. Sempre ironizo e jogo mais verdades na cara deles, até o ponto que vem o bloqueio, as denúncias em massa ao provedor do perfil para satisfação do ranço incontrolável contra seus desafetos de última hora. Portanto, esta é a prova de que gente que se vale deste modus operandi olavista não são nem de perto minimamente democráticas nem defensoras da liberdade de expressão. São zumbis que seguem comportamentos doutrinários com devoção de manada para auto afirmarem cada vez mais sua falta de civilização. Para nossa sociedade isso é algo sem dúvidas que gera maiores desgastes e retrocessos, pois esse grupo diz lutar pela mudança dos valores da sociedade ataca a raiz de qualquer coisa boa que possa gerar grandes e efetivas mudanças benéficas; a saber, a ética.
olavo

Anúncios

Sobre Aloprado Alonso

O cara mais aloprado da internet - barbudo, blogueiro, rockeiro, mulherengo e sempre tentando parar de fumar ...

Publicado em 31 de maio de 2015, em Comportamento e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Márcio Augusto de Oliveira Santos

    Até onde irão os analfabetos para tentar difamar o maior intelectual vivo do Brasil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: