O maquiavélico Eduardo Cunha vence mais uma

Não se iludam com a isenção inicial do Deputado Eduardo Cunha e tampouco com a queda de Graça Foster.

Ontem o Deputado Eduardo Cunha obteve mais uma vitória em face do governo. Enquanto a bancada vermelha do PT, PSOL, PC do B e até mesmo o PRB na figura do Deputado Celso Russomano (o qual demonstrou nitidamente que não sabe interpretar o regimento interno) tentou de todas as formas obstruir a votação e não dar prosseguimento a proposta de admissibilidade de análise de temas da Reforma Política.

Depois de horas de discussões e obstrução de partidos comandados pelo PT, o plenário da Câmara aprovou, a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 352/13, que trata da Reforma Política e Eleitoral.

A PEC estava tramitando na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, onde deveria ter sua admissibilidade aprovada já no ano passado. Como isso não ocorreu, devido manobras da bancada petista e seus aliados, o novo presidente da Câmara, num gesto de ousadia e confronto direito com a bancada vermelha decidiu avocar a decisão para o plenário visando a acelerar o processo de discussão e votação da reforma política. Eduardo Cunha saiu mais uma vez vitorioso contra o governo, pois ao aprovar a admissibilidade, colocou em xeque o discurso tanto da Presidente Dilma como dos partidos de esquerda que dizem querer a Reforma Política, mas na prática fazem de tudo para impedi-la.

Muitos questionamentos foram feitos em relação à decisão de Eduardo Cunha, mas ele argumentou que isso é regimental e que a medida tem o objetivo de acelerar a discussão e votação da reforma.

Com apoio maciço do bloco do PMDB e da oposição comandada pelos tucanos, ontem o que se viu na Câmara foi uma primeira sessão na qual houve o desmascaramento de deputados demagogos tais como Chico Alencar, Jandira Feghalli, Sarney Jr, Vicentinho e outros deputados aliados do PT que foram desmascarados todos duma só vez  devido o antagonismo entre seus discursos e práticas políticas.

Evidentemente que não é primeira vez que deputados do PT, PSOL e PC do B e até PV são desmascarados através de suas práticas que não condizem com seus discursos meramente ideológicos e municiados de ataques ao poder econômico, mídia, opositores dentre outros tantos ataques e xiliques falso moralistas. Entretanto, ontem houve um sabor especial, pois quando estes deputados perceberam que o kit obstrução promovido pelo PT não iria obter êxito, começaram a buscar interpretações distorcidas do Regimento Interno da Câmara, o qual Eduardo Cunha demonstrou conhecer de cabo a rabo e como maior entendimento para vergonha do Deputado Russomano que por duas ou três vezes foi corrigido pelo próprio Eduardo Cunha nas suas interpretações equivocadas do regimento.

Com a aprovação da admissibilidade, o presidente da Câmara vai criar uma comissão especial que analisará o mérito da PEC. A comissão poderá apensar à PEC do grupo de trabalho todas propostas que tramitam na Casa e que tratam da Reforma Política e Eleitoral. Com isso o governo e bancada da esquerda deve ter ido dormir o barulho dos aplausos do plenário ao seu novo presidente.

Hoje, a mesa diretora da Câmara deve receber e promover a instalação da nova CPMI da Petrobrás, e com isso haverá mais choro e ranger de dentes da bancada petista ainda hoje no plenário da Câmara e também no Senado, em especial na figura da Senadora Gleisi Hoffmann que é uma espécie de procuradora da Presidente Dilma quando a mesma se vê engavetada pelo Congresso e demais notícias quase sempre desfavoráveis ao PT. Dessa vez, com a demissão de Graça Foster, a oposição tem um prato cheio para lançar críticas na cara da Presidente Dilma, pois a oposição vinha solicitando a demissão de Graça Foster desde abril do ano passado.

Além disso, irão taxar a demissão de Graça Foster, conhecida como Dona Maracujá de Gaveta, como bode expiatório para a incompetência e ingerência de Dilma Rousseff sobre a Petrobrás quando ainda era Ministra de Minas e Energia do governo Lula. Munidos com parecer jurídico de Ives Gandra Martins a oposição tem pano pra manga ainda para falar sobre impeachment e com isso deixar dona Gleisi enfurecida em seus discursos na tribuna do Senado.

Mesmo assim é bom manter olhos bem abertos com o maquiavélico Eduardo Cunha que não é de confiança e com as manobras palacianas para combater os avanços da Lava Jato e com o destino da Petrobrás. Na esperança que Dilma Rousseff seja encaxotada de vez pelo Congresso e também pela Operação Lava Jato aguardamos mais novos fatos dessa novela que só tem vilões…

Anúncios

Sobre Aloprado Alonso

O cara mais aloprado da internet - barbudo, blogueiro, rockeiro, mulherengo e sempre tentando parar de fumar ...

Publicado em 4 de fevereiro de 2015, em Política e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: