Auto-entrevista com Aloprado Alonso

Aloprado Alonso é um dos mais proeminentes pensadores brasileiros surgidos na segunda metade do terceiro trimestre da primeira década deste século no Brasil. Colunista deste blog há cerca de cinco anos, deixou de lado o politicamente correto e bom mocismo e apostou todas suas fichas no achincalhe e veemência retórica contra tudo e contra todos, fazendo raras exceções em ataques às figuras da política nacional e mídia de grande massa. Preocupa-se com a gestão inteligente da sua imagem, para não cansar o público, mantém apenas esse blog como meio de comunicação com mais de trinta mil leitores os quais alguns  passam várias vezes nesse mesmo blog apenas para reclamar do que Aloprado Alonso manifesta sobre alguns assuntos nada a ver com nada.Entretanto, é reconhecido pelos que não dizem nada sobre seus artigos como gênio e profundo entendedor de diversos assuntos, pois quem cala consente, devido a isto Aloprado Alonso é um reconhecido filósofo profundo entendedor de temas vão desde de política até sacanagem que no fundo se resume a mesma coisa.

Nesta entrevista exclusiva, Aloprado Alonso volta a mostrar que é muito mais do que apenas uma cara bonita e uma cabeça pensante sem nada a temer.

Alonso, já reparou na tendência que estas auto-entrevistas têm para redundar no mais extremo cabotinismo?

Estava precisamente a pensar nisso, meu caro Aloprado. Essa observação é muito perspicaz. Antevejo uma excelente entrevista por causa disso mesmo!

Obrigado. Mas acha que o fato de estarmos a reconhecer que as auto-entrevistas são ridículas vai impedir que esta se torne ridícula?

Não, mas as pessoas acreditarão mais facilmente que se trata de um ridículo intencional, depois de termos feito esta desconstrução que reputo de extremamente moderna.

Qual foi a pergunta que nunca lhe fizeram?

Essa não é uma delas, curiosamente. Já me perguntaram muitas vezes qual foi a pergunta que nunca me fizeram. É difícil responder, na medida em que o universo de questões que nunca me foram colocadas é muito mais vasto do que o daquelas a que já tive de responder. Mas nunca me perguntaram, por exemplo, o que eu acho dos peitos da Juliana Paes.

O que você acha dos peitos da Juliana Paes?

Acho os peitos dela sensacionais! Acho que todo mundo acha isso também. Só acho!

Incríveis mesmo! Como é que se definiria a si mesmo?

Em princípio, não me definiria, na medida em que sou demasiado complexo, como você sabe. Mas, em traços muito gerais, posso dizer-lhe que sou um sujeito simples e complicado como todos sujeitos simples tendem a ser complexos por serem simples, pois eu creio que ser simples seja complicado devido a sua simplicidade, e de fato isso é complexo. Entendeu ou quer que desenhe?

É capaz de identificar o seu maior defeito?

Agradeço que me faça essa pergunta, porque me dá a oportunidade de responder de uma forma que julgo ser inédita. Normalmente, os entrevistados dão uma de duas respostas a esta pergunta: ou apontam um defeito menor em geral, a teimosia ou outra coisa parecida, ou conseguem transformar o seu maior defeito num defeito dos outros, por exemplo: confiar demais nas pessoas. Gostaria então de dizer que, da vasta lista de defeitos que a minha personalidade me coloca à disposição, hoje escolho estes: sou infiel e traio minhas esposas ou namoradas. No fundo são a mesma coisa, mas sempre são dois pecados mortais num só. Gosto muito da luxúria, mas não pratico tanto quanto desejaria, justamente por tentar evitar certas infidelidades. Pena nunca conseguir evitar, mas tenho tentado muito melhorar nisso e sei que talvez consiga, mas talvez não também…

Como é sua relação com as mulheres?
Minha relação com as mulheres é uma relação heterossexual. Tenho que deixar isso bem claro porque hoje em dia muita gente não sabe distinguir uma mulher dum traveco como aquele cara que jogava no Corinthians. Eu fico surpreso com os gays que gostam de outros homens e até entendo as lésbicas gostarem de mulher, mesmo assim me chama de homofóbico porque gosto apenas de mulheres. Vai entender isso…

Qual é o seu tipo de humor?

Polêmico creio eu. O meu tipo de humor é o que tem como objetivo fazer rir por qualquer babaquice ou tolice ou coisa óbvia que negam que seja evidente. Está cada vez menos na moda as pessoas rirem disso e muitas ficam aborrecidas com isso. Acho que muitos não compreendem o meu senso de humor e por isso sou obrigado educar as pessoas, dar-lhes lições de moral e aplicar-lhes o corretivo que merecem.

Como vê a atual situação do Brasil?

Vejo com pessimismo. O governo diz que o Brasil está melhor, sempre dizem isso, embora as pessoas estejam piores, o que é péssimo. Fazendo a média entre o estado do país e o das pessoas, o resultado é razoável. Ou seja, parece que está tudo bastante mais ou menos para todo mundo. Mais para uns menos para os outros, é uma questão de como se enxerga a coisa e qual ponto de vista encara essa visão…

Qual é a sua opinião sobre a Copa do Mundo?

Essa Copa do Mundo já encheu o saco de todo mundo. Espero que o que todo mundo espera que o povo acorde e pare de pensar em futebol e oba-oba e reaga aos danos causados pelo governo e saia desse faz de conta de que tudo no futuro vai dar certo. O futuro já chegou!

Finalmente, Alonso, qual mulher famosa você levaria para uma ilha deserta?

Nenhuma, porque prefiro levar elas para as ilhas habitadas.

 

 

Anúncios

Sobre Aloprado Alonso

O cara mais aloprado da internet - barbudo, blogueiro, rockeiro, mulherengo e sempre tentando parar de fumar ...

Publicado em 19 de maio de 2014, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Como é que é? Lição de moral? Passar corretivo? Oh nao meu caro aloprado alonso, nao me faça rir. Andou virando comediante nestes ultimos tempos? Tu eres um animal irracional, nao calcula palavras, doente mental, deveria se tratar meu caro ignobil amigo, pois quem faz auto entrevista, é porque ainda nao encontrou o rumo certo dum trabalho braçal, é muito mais cansativo ficar perdendo a ponta de seus dedos escrevendo babaquices. Se julga o grande, o lindo, o saaarado hahahaha
    Mas e que tempo tu arranja pra cuidar de si proprio? Pois vive cuidando da vida dos outros, por isso vejo todo mundo andando bem por aqui, e de queixo pra cima, é porque voce esta cuidando bem da vida deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: