A versão gay da Usurpadora

Como diria Matinas Tupinambá Suzuki: “Meus amigos meus inimigos” – Digo isso com propriedade nesse blog muito mais que em outro lugar. Digo isso pela quantidade de pessoas que me mandam e-mails e comentários me aclamando como uma voz que ressoa no deserto de neurônios de alguns leitores e ala jihadista do PT, os quais, por sua vez, me mandam todos os dias desaforados comentários e informações sobre um de seus desafetos, que segundo o mesmo é um assíduo freqüentador de rodas de pseudo-poetas quarentões baitolas em “troca de alguns trocados” e versos na paulicéia desvairada. Esse pigmeu barbudinho tem sido alvo constante das insinuações sarcásticas desse idólatra do Lula e tem chamado a minha atenção pela quantidade de desaforos que me envia todas as semanas no in box do meu facebook como se meus “olhos fossem penico” para seus excrementos textuais.

Enfim, esse sujeito, que atende pela alcunha de Belzinho para os íntimos do rapazola, parece ter tara por homens altos e baixos, barbados ou barbeados, e passa boa parte da sua vidinha de escroque tramando em segredo planos de como infernizar de alguma forma insultuosa e velada ou mediantes outros meios ardilosos a vida alheia. Pois bem, como manda o figurino dos Judas Iscariotes o sujeito faz e desfaz de qualquer pessoa pelas costas, de forma vil e torpe, ou até mesmo remunerado por mixaria, algo que é comum aos lulistas de carteirinha da mídia, mãs, com um pequeno detalhe que torna mais deplorável a atitude do sujeito: Ele é punheiteiro pertinaz incorrigível. Segundo fontes seguras garantem ele gosta mesmo é de descabelar o palhaço. Sim é batedor de bronha, mãs não no recanto e sossego do seu quarto debaixo de suas mantinhas xadrez e junto de sua namoradinha tolinha … nananinanão! Ele faz isso via web cam e faz irremediavelemente a partir de salas de bate papo do UOL, sim, aquelas salas de LGBTs.

Pelo visto o sujeito tem síndrome por tais coisas homossexuais, como “esgrima virtual”; mãs quem soy yo para julgar o pobre rapazola e suas atividades sexuais via internet? Não é da minha alçada ficar tecendo comentários sobre as inclinações sexuais pervertidas de ninguém, mas quando o sujeito tenta desmoralizar pelas costas o seu amiguinho pigmeu metidinho a Jim Morrison genérico do interior e ainda por cima esculachar com o próprio patrão aí eu penso o seguinte: É o cara não tem moral mesmo e ainda quer bancar dono da verdade…ele tem sangue nos olhos e um coração desalmado mesmo!

Eu fico aqui pensando com meus Cohibas e Chivas o que leva o cidadão a ser tão deplorável assim ao ponto de ser um gay maledicente maníaco que cospe no prato em que comeu ou em quem o comeu? Seja lá o que for… Tá na cara que é muita novela mexicana na cabeça e muita putaria na net que leva ao ponto do sujeito se tornar uma versão gay da Paola Bracho da Usurpadora.

 

Vejam bem, eu que não sou nenhum santo fico chocado com a capacidade do sujeito em arrumar grandes confusões por pequenas coisinhas tais como bilhetinhos duma de suas ex-amantes caídas pré terceira idade para um outro sujeito que a traçou logo no primeiro encontro depois dumas cervejinhas. Que raios leva o sujeito a ter ciúmes duma sirigaita brega sendo que já a consumiu se valendo dos mesmos expedientes nada românticos? Além disso, o camarada gay maledicente maníaco é chegado numa ré no kibe, o que ele queria uma ménage à trois e por isso ficou ofendidinho? Ninguém está reprovando o rapazola por usar a própria bunda dele para satisfação pessoal ao invés de expelir excrementos, mãs o que ele tem a ver com a vida alheia tanto assim? Quem nunca levou uma mocréia pra cama logo no primeiro encontro depois dum pileque na mesma que atire o primeiro balde de merda né?

A conclusão que chego é que o sujeito usa mesmo a própria bunda de forma adversa. Sim, a usa a bunda para pensar e usa a boca para soltar merda. Mas faz isso na moita como bom covardinho petralha que não prova nada que acusa. Peraí vou dar risada disso: Hahahahahahahahahaha-há!

 

Daí que a coisa fica mais nebulosa e cabulosa ainda… Esses meses atrás Belzinho estava inquieto e nervoso porque seu patrão tinha deixado de procurá-lo para “serviços extra-oficiais”.Estava magoado, atemorizado com medo de perder seu empreguinho que se resumia a tomar cafezinho e fofocar o dia todo sobre a vida alheia. O que Belzinho fez então num ato de profunda maturidade e profissionalismo? Começou a falar mal do patrão para qualquer pessoa taxando-o de malvado e tirano, que o salário era baixo, que o chefe era um pilantra etc etc e tal. Depois disso, não feliz com sua maledicência gratuita resolveu passar informações aos concorrentes. Enfim, passou a traficar informações tentando cavar a sepultura do chefinho. Se deu ao desplante de roubar informações do computador da empresa e enviar aos concorrentes. Só que o tiro parece ter saído pela culatra. Um belo dia ouviu um boato advindo da boca pequena da concorrência sobre um político local estar tendo casos extraconjugais e achou que isso era nitroglicerina pura. Resolveu repassar a informação para o patrão achando que iria cair nas graças do mesmo novamente, mas o patrão do rapazola não é tão inguênuo assim, embora tenha confiado em algumas das lorotas do rapazola, nessa ele ouviu fez cara que se convenceu do fato como verídico, mas no fundo fez vista grossa e resolveu manter o rapazola na geladeira. Foi aí que o rapazola se desesperou e despirocou de vez e deu uma demonstração do seu caráter aviltante e tendência maléfica…

No ápice da sua síndrome gay maledicente maníaca, Belzinho resolveu me enviar desaforos via in box e cá estou eu a perder meu tempo respondendo o mesmo. Só que dessa vez, eu vou fazer questão de tratá-lo com certa misericórdia e clemência, visto que ele está combalido e tomando antidepressivos na busca de redenção por suas falácias e maledicências desenfreadas. Anda até pedindo reza braba em terreiro de cabloco, pois meteu na cabeça que forças ocultas sombrias querem se abater sobre ele. O estado emocional do rapazola anda tão baixo astral que ele até deixou de freqüentar seus outros afazeres habituais nas salas de bate papo gay do UOL. Segundo ele próprio ele anda cabisbaixo e desanimado com a vida.

Tendo em vista o cenário catastrófico no qual o rapazola está eu sinto pena do mesmo e quero dar um conselho para ele (embora o que ele queira mesmo é pinto): Belzinho, seu bosta, pare de cuidar da vida dos outros e vai cuidar da sua própria vida quietinho no seu canto seu viado cretino! Vai trabalhar num emprego que preste e pare de falar lorota dos outros seu pervertido! Eu até diria para você virar evangélico, mas na certa em menos de meia dúzia de cultos você iria dizer que o pastor estava desviando o dízimo da igrejola e tentaria provar isso com notinhas fajutas que só fazem sentido nessa sua cabecinha desmiolada. Tá na cara que tu tá tão na deprê que cogitou em votar no Aécio Neves… É a sua vida não é um mar de rosas mesmo embora tu seja uma florzinha mesmo…

Quer saber: Ah Belzinho vê se me erra, eu não sou da sua laia, não sou quem você pensa, não sou quem você quer que eu seja, e se achou ruim só te digo mais uma coisa: FODA-SE!

E tenho dito!

 

.

Anúncios

Sobre Aloprado Alonso

O cara mais aloprado da internet - barbudo, blogueiro, rockeiro, mulherengo e sempre tentando parar de fumar ...

Publicado em 19 de maio de 2014, em Uncategorized e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: