Itaberá uma cidade em desenvovimento!

Nesses últimos dias a população da pequena aldeia de Itaberá – localizada no interior do interior do interior de São Paulo – tem frequetando esse blog assiduamente. Na maioria dos casos eu fico feliz com a visita deles, pois isso é sinal que já existe lan hauses nesse vilarejo e que pelo visto há de alguma forma alfabetização na cidade, devido eles conseguirem se comunicar com o mundo exterior sem precisar usar os corriqueiros dialetos nativos. Eis aqui um exemplo do linguajar local de Itaberá: Falam, por exemplo: “Fumo mai vortemo”, “pra mor de prozeá”, “cinco rear”, “um reais”, Cróvis pega a bicicreta e vá comprá chicrete pá Creuza”, “tivilisão de prasma”, “anzór”, “futebór”, “devogado”, “pano pá tapá taio (modess ou band-aid), “culista” (médico oftalmologista), sar (sal), creosene, barde, prefume, vevi (vive) e por aí vai…

 

Fico feliz também pelo motivo que alguns anos atrás, tipo assim 2012, a falta de infra-estrutura ainda permitia esse povo dirigir carros com um cavalo de potência no perímetro urbano. Sendo assim, 99% dos habilitados locais nunca esteve na vida num engarrafamento. A não ser que fosse de carroças na hora de pegar leite em alguma vendinha local. O fato é que o trânsito estressante das grandes cidades não atinge Itaberá devido ainda haver possibilidade de transitar com carroças puxadas por um pangaré veio, carros de boi e Fiats 147 no centro desta pacata cidadezinha. Pacata e tranquila até as 18 horas. Há estudos da polícia paulista que sugerem que após as 18h a cidade fica violenta devido ao excessivo consumo de cachaça nos botecos caipirescos nas redondezas das vilas e isso tem como resultado impotencializar a costumeira paciência, assim como a preguiça e indolência do nativo de Itaberá levando os mesmos brigas por causa de coisas sem sentido como divergências de opinião sobre novelas das nove. Outro detalhe sobre isso é que os nativos arruaceiros de Itaberá fumam folha de chuchu batizada com amônia achando que é maconha e roubam alface das hortas de seus conterrâneos.

Por outro lado, há informações que em alguns lugares de Itaberá já é possível assistir a incríveis e emocionantes corridas entre carroças. O campeão desse ano é um caipira de origem alemã que foi apelidado de ‘Chumáqui’.

É sabido ainda que em Itaberá os caipiras vivem aos montes e em montes, em privilegiadas residências inspiradas em conjuntos habitacionais que sempre são apenas promessas de campanha dos políticos dessa região. Um habitat da querida “Itaberásítio” contém os seguintes aspectos:

  • Ter porcos dentro das casas.
  • Deve haver uma horta ao lado da casa, contendo milho, alface, cenoura e coisas do gênero.
  • A moradia é obrigatoriamente de madeira ou faltando reboco. Geralmente pende para um lado.
  • Não há prédios na redondeza. Não há nenhum tipo de comércio na redondeza. Não há absolutamente nada na redondeza.

O habitat do itaberaense mais abastado consiste basicamente:

  • Uma garagem para cinco carros e apenas um banheiro de 3 metros quadrados.
  • Quartos também pequenos.
  • Muro alto, rodeado de grades (tem muita violência na cidade!).
  • Calçada estreita e mal-feita.
  • Nenhuma árvore ou planta
  • Antena Century
  • Dois carros populares e motoca

 

Outros estudos científicos realizados na pequena inóspita Itaberá apontaram que a vida sexual do povo de lá é diferente. Como se sabe, os caipiras desse “município” praticam sexo apenas para procriação e perpetuação da espécie nativa, dessa forma, é exigido algum treino para que na hora H a coisa não vá de mal a pior. Para isso os itaberaenses, utilizam de recursos pouco ortodoxos, assim, se submetem as mais variadas formas de satisfação sexual conhecidas e desconhecidas. Reza uma lenda local que certa vez havia numa roça uma mulher que mugia, um dia, seu marido chamou-a de vaca, ela não gostou e resolveu se vingar. Daquele dia em diante parou de dar leite.

Normalmente após fumar seu cigarrinho do Paraguai, o cidadão de Itaberá pega uma mulinha, ou cabrita, ou algum outro tipo de animal e se embrenha no mato, sempre com a desculpa que está indo plantar mandioca, quando o caipira não encontra um animal, sempre encontra um primo vindo de Campinas para que plante nele a mandioca.

 

Outros fatos sobre Itaberá:

Os palavrões em Itaberá ou em outras palavras, o ofendimento. Baseia-se em compará-lo à algum animal, ou xingá-lo em outras maneira;

  • Caipora = este xingamento equivale-se ao filho da puta.
  • Lazarento = este xingamento equivale-se ao idiota, trouxa, babaca [etc]
  • Morfético = este xingamento equivale-se igual ao otário.
  • Pançudo = este xingamento equivale-se à rolha de poço, ou chupeta de baleia.
  • Deabo= este xingamento refere-se á alguém muito ruim ou algo que dá raiva.
  • “Cortar couve” =, este xingamento equivale-se á alguém que arrega, fracote ou bunda mole.
  • Em Itaberá não prestam atenção à pessoa com quem conversam, você deve sempre falar para uma terceira pessoa o que você quer dizer para a segunda.
  • O fato de amarem a natureza – principalmente árvores – faz com que a boa parte da população de Itaberá nunca tenha vivido em casas com pavimento cimentado, por isso, até hoje, quando existe pavimento ele é diariamente lavado e idolatrado.
  • A criação de porcos fora do chiqueiro foi inventada em Itaberá nos séculos passados.
  • Rinha de galo não foi inventada em Itaberá, mas eles praticam entre si quando uma mulher trai o marido.
  • Por viverem em uma cidadezinha medíocre, acham que qualquer coisa é equivalente ao que acontece na capital. Um roubo de carro por ano é motivo para dizer que a cidade tem uma onda de roubo de carros (ou carroças). Uma chuva forte que inunde a cidade é motivo para dizer que está igual a enchente São Paulo. Se uma nova quitanda é aberta na cidade isso é motivo para dizer que a cidade está progredindo e que em breve haverá um Shopping Center.
  • Nativo de Itaberá só toma banho aos sábados, mesmo que tenha migrado para outra cidade.
  • De cada 100 habitantes 40 são agricultores, 50 recebem Bolsa Família e 10 completaram o ensino médio.

 

Anúncios

Sobre Aloprado Alonso

O cara mais aloprado da internet - barbudo, blogueiro, rockeiro, mulherengo e sempre tentando parar de fumar ...

Publicado em 9 de maio de 2014, em Uncategorized e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 13 Comentários.

  1. Ahahahahahahah

  2. Olá, Boa tarde.

    ilustríssimo senhor Aloprado Alonso, ou Alonso Prado, ou Alex cruz, ou Alex luthor, ou como queira.

    Se existe um tal (filho de uma mãe inocente que presta serviços sexuais a troco de moedinhas) chamado de Aloprado Alonso, que se sente tão superior a nós moradores da pequena cidade de Itaberá -SP, porque então não o conhecemos na mídia? porque nunca ouvimos falar nada relacionado a algum trabalho feito por você? Seria porque você não passa de uma farsa?
    seria porque você não passa de um plagio?

    Por obséquio, você poderia bem colocar-se em seu lugar, ou talvez lavar a boca com soda cáustica, pra depois vir falar de nossa comunidade.

    A pouco descobri qual(is) é(são) o(s) seu(s) verdadeiro(s) trabalho(s):

    1º Perder tempo debatendo assuntos idiotas.
    2º Dizer que existem tantos fofoqueiros.
    3º Correr em busca do troféu de maior fofoqueiro do Mundo.
    4º Fingir não ser Alex Cruz.
    5º Fazer o maior esforço pra tentar chegar aos pés de caue moura

    Mas resumindo um pouco minhas palavras, você por trás desse blog, não passa de um derrotado, que não sabe oque é vencer na vida. Vi alguns de seus debates, porque em todos você sempre perdeu? essa eu não entendi!

    Assim que você nasceu, sua mãe te jogou em um lixo, mas ainda não entendi o porque de seu fedor? Será porque desde que nasceu ainda não tomou nenhum banho?

    Duvidas, duvidas, mais duvidas…

    Você não precisava ter vendido sua alma para o Demônio, para chegar até aqui. Mas como foi sua melhor escolha. Eu te entendo muito bem, ninguém te quis. Somente ele(demônio) te quis. Então, porque não desiste de tudo e vai logo dar o C* pra ele.

    Um dia você vai ser lembrado por todos nós itaberaenses, e pode ter certeza que iremos estar juntos aqui, dando risadas neste sossego de cidade, e lembrando e relembrando dessa historia triste do fim deste tal Aloprado Alonso.

    Tenha um mal fim de tarde. E se quer se rebaixar como mulherzinha, basta me responder aqui.

    Grande abrazzz senhor Alonso Prado

    • Poxa vida, me confundir com o Alex Luthor? O Galináceo Cearense é muita pachorra mesmo!

      Leo embora você e muitos outros creiam piamente que eu ou Alex somos a mesma pessoa, e que somos servos de Satã na Terra, nem eu, nem mesmo ele vive no inferno que essa cidadela deve ser não é mesmo? Ele está em Fortaleza e eu nesses últimos dias em Portugal ora poix!

      Quanto a desejar-me um final de tarde catastrófico, lamento, mas passei o final de tarde ótimo em companhia duma bela portuguesa e agora se me permite vou levá-la para a cama enquanto você deve estar aí sem pegar ninguém…

      Saudações do seu senhor e seu mestre Aloprado Alonso!

      Agora ponha-se fora daqui junto com essa gentalha!

      • Para sua infelicidade senhor alex luthor, ou alex cruz, minha vida nao interessa a voce saber, suas opinioes sao escrotas, seu modo de mentir é incrivel, pois deveria desistir da profissao de critico, e seguir carreira de ator, o minimo que voce deve estar pegando é uma vadia, que como voce nao deve ter condicoes pra pagar, a encontrou no fim da esquina, e ofereceu um docinho em troca de prazer.
        Desculpa se falei de mais sobre sua seita satanica, e peço desculpas por revelar aqui a todos.

        Voce nao passa de uma farsa, que se sente um vinicius de moraes, mas na realidade nao passa de um misero aloprado alonso, ou como preferir ”zé ninguem”.

        Voce nao precisava se rebaixar tanto assim senhor alonso prado.

        Voce é uma vergonha pra raça humana.

      • Meu caro Leo, mais uma vez eu devo dizer que você está confundindo o bode com o galináceo, mas tudo bem se é essa a sua certeza que eu sou ele e ele é eu e vice versa, não resta mais a nada a dizer para a sua “pessoa” que vá à merda!

        Passar bem se puder e viva a sua vida se acaso a tiver…

  3. Meu Nobre Alonso Prado, não estou aqui para ver suas lamentaçoes, sobre oque eu penso ou deixo de pensar. Eu somente esperava sair algo bem pensado de sua cabeça, mas pelo que eu percebi, voce somente sabe falar lorotas.

    Porque nao se expressa um pouco menos, tenho certeza que irá começar a fazer o bem para a humanidade, e se voce esta ou deixa de estar em portugal, nao é de meu interesse.

    Foi exatamente oque eu disse a poucos, voce tenta ser alguem, mas nao passa de um ”zé ninguem” apenas tentando ser alguem.

    Opinioes mal sucessidas merecem ser mortas, por exemplo, criancas nao tem direito a opinioes, o mesmo eu digo de voce, nao tem direito a opiniao.

    Nao tente se engrandecer perante alguem, tente se preocupar com oque voce quer para sua vida amanha.

    A condiçao que voce se encontra neste instante, é a pior de todas. Alguem que nao tem um minimo de exemplo para demonstrar para seus infinitos leitores.

    • Ah é… peraí eu vou te botar nessa roda…Já que suas opiniões são melhores que as minhas… que você é fodão aí desse fim de mundo! Aguarde! Sentado como sempre vc faz…

      • Meu caro alonso prado, é verdade mesmo:
        Opinioes como as suas nao tem o minimo valor para mim.
        Oque eu desejo de sua parte é o minimo respeito pela cidade de itabera, sera que isso é dificil de entender ou eu vou ter que soletrar?

      • Leia o post que fiz sobre vc seu viadin…hehehehe! Tu merece ser alvo de chacota mesmo… Vou me divertir as suas custas um pouco… Espero não humilhá-lo tanto que tenha que sumir dessa sua aldeia dado o vexame que será para ti…Hahahahaha-ha!

  4. Hahaha voce se acha o bam bam bam,
    Voce pra mim nao passa de um projeto de homem, e bem mal sucedido, pois atualmente nao passa de um imprestavel escritorzinho sem noçao da realidade.

  5. Você fala assim de ITABERÁ porque não conhece SÃO JOSÉ DA BOA VISTA NO PARANÁ.

  6. porque falar de são josé cara? eu tenho um amigo que era de lá, ele é um mal elemento mesmo e daí,sei q uma uma vez eu bateu na sogra por causa de mistura, isso é muito comum, mais são jose da boa vista depois q esse mau elemento saiu de lá evoluiu muito.
    Fique sabendo q lá é a cidade mais desenvolvida do mundo.
    pra vc ter uma idéia eles inventaram até o buraco pronto.
    Quando vc precisa fazer um poço, é só escolher a fundura q eles te vendem prontinho é só escolher o lugar para colocar.Também inventaram os coletes a prova de balas ,é incrivel, quando alguém atira contra o colete a bala volta em quem atirou, vc precisa conhecer tem muito mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: