O aterro sanitário da Duelos Retóricos

Depois que o Mestre Jedi “Saiajeans” Leonardo Levi  guru Gnu do Chico “Kedaokú”(nome em versão JS) foi definitivamente desmascarado a coisa despirocou de vez no imaginário popular de seus sub-súditos.

Segundo nossas fontes muitos correligionários dessa corja pensam o seguinte naquele antro de podridão e devassidão chamado de Duelos Retóricos:

<>Pensam que Chico Sofista seria Aloprado Alonso  –  Que Hanger Bartholotário seria Big John Xavier e que a Roberta na verdade é uma Dragg Queen de última geração que se passa pelo Leonardo Levi fazendo jornada dupla como pseudo-bruxo-hippie-guru-queima-rosca e professora de matemática na rede goiana de ensino PEB ½.

 

Para pior a situação de débil-mentalidade dessa raça que se julga tão evoluída, mas no fundo é reprimida vemos por aí “pessoas” como Cabeça de Bambolê Octávio Henrique tentando tirar proveito da situação e ganhar fama na sombra alheia.  Reconhecidamente que não é dele a idéia primitiva teoria – já provada — do “Império dos Fakes da Duelos Retóricos”, mas sim do galináceo Alex Luthor tendo em vista as falcatruas de presa predileta Big John. Ambos renomados desde o tempo do Orkut por causa das enquetes fraudadas em prol de Big John para “Debatedor do Ano” – só de for de punheta.

O que piora o fato é que ao contrário de Big John Xavier, Octávio Henrique famoso por ser chamado de “Dom Bosquete” no Colégio Salesiano onde se graduou como o campeão de bullying crê com devoção nessa Trindade de Fakes (Chico-Aloprado/Hanger-BJ/LL-Roberta) ao ponto de achar que isso é um triângulo sexual de sadomasoquismo que rola via redes virtuais há tempos tendo como finalidade enrabar o Macaco Roger quando este ficava torrando o saco da tal Trindade Fake.

Octávio Henrique até pediu auxílio de João Cirilo famoso defensor da fé católica naquele grupo, para fins de formular uma pequena teologia sobre isso, mas levou dele uma bronca homérica.

Abitolado em seu quartinho e nutrido a base de danoninho, Octávio passou a Quaresma inteira em preces e jejuns de boquetes a ponto de chegar ao ápice de sua vocação Jedi e passou a puxar o saco de todas as figuras desse trio-sextavado de fakes afim de conseguir se tornar um Jedi.

Imagem

Como já dito antes alguns reprimidos sexuais com tendência a nerds (praticamente todos) sobrevivem através dessas fantasias eróticas com base em seres inexistentes como gnomos, políticos honestos, e biscates virgens. Ficam tão tão, mas tão… viciados em saber toda a sua história que param de viver e vivem em função de preservar o mito “JEDI”. Além de comprarem todos os itens de colecionador como:

  1. Sabres coloridos (também muito utilizados pelos emos)
  2. Bonecos idiotas (ou de ação, como eles chamam)
  3. Toda a saga contando com cenas editadas/cortadas/ferradas/extendidas/encurtadas/aniquiladas/ por que você ainda está lendo isso?
  4. Formar uma elite de enrustidos sexuais anômalos mentais em grupo de debates chamada Cavaleiros Jedis.

 Isso sem dúvida mexeu com a cabeça de quase mil pessoas iguais ou semelhantes em deficiência mental ao Octávio Henrique, que, estão sendo alienadas noite e dia, dia e noite, pela sanha do Gnu em transformar todo e qualquer aluno psicótico sexualmente chegado num sabre colorido na rosca tridimensional do Darth Vader do ensino superior de quinta categoria num Cavaleiro Jedi Duelista Retórico que acredita que ele (Leonardo Levi) é uma entidade paranormal poderosa mesmo havendo de tomar Viagra.

Pois bem, essa é apenas uma pequena parte da alucinação que ocorre na Duelos Retóricos a base de muito chá de Santo-Gnu e Xaveirismo Xamânico e Craco-Chiquismo e devoção a Meretriz do Pi Quadrado Robertinha da Babyilônia que aquele espaço virtual se tornou.     

A pior parte é considerar Aloprado Alonso “o bode” como entidade maçônica-jihadista-xiita que visa destruir aquele lupanário de dementes através de legiões de fakes ou se passando pelo nefando Chico Sofista hoje facilmente transitando aos berros “ Eu sou Jedi – Sou o Fuderoso Jedi –odeio o bode do mal” da Cracolândia babando pedra até a Sé.

Cá entre nós, acham mesmo que esse tipo de gente que vive nessa fantasia desordenada por falta de psicoterápicos e excesso de ego e drogas são de fato pessoas intelectualizadas capazes de debater? Faiz favoire!

Eu mesmo quando ouvi esta história fiz questão de não apenas rir disso, mas também de contactar a defesa sanitária que é para tirar de circulação quem anda acreditando nisso, pois se acreditam que Leonardo Levi é honesto e debatedor assim como os outros também não são, é porque a cabeça deles já foi transformada em aterro sanitário.

 

E tenho dito!

 

 

Anúncios

Sobre Aloprado Alonso

O cara mais aloprado da internet - barbudo, blogueiro, rockeiro, mulherengo e sempre tentando parar de fumar ...

Publicado em 1 de abril de 2013, em Uncategorized e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: